Escolha uma Página

Em 1º de fevereiro de 2021, todas as instituições financeiras brasileiras autorizadas começaram a trabalhar no desenvolvimento de um novo sistema idealizado pelo Banco Central do Brasil (BACEN): o Open Finance.  

Neste novo sistema aberto e gratuito, todos os consumidores poderão compartilhar seus dados com as organizações participantes, de forma que as mesmas consigam fazer a oferta de produtos e serviços para clientes de instituições concorrentes. 

Quer saber mais sobre o Open Finance, seus benefícios e como ele está sendo tratado na Foursys? Então confira o blogpost completo abaixo e boa leitura!

 

O que é o Open Finance?

Também conhecido anteriormente como Open Banking, o Open Finance (Sistema Financeiro Aberto, na tradução livre do inglês) é uma possibilidade que os clientes e correntistas de serviços financeiros têm para compartilhar suas informações entre diferentes instituições autorizadas pelo BACEN. O novo sistema também permite que as contas correntes desses clientes sejam movimentadas a partir de diferentes plataformas de forma segura e ágil.

Mas como funciona o Open Finance? Atualmente, as instituições financeiras não têm visibilidade do relacionamento de seus clientes com as demais, dificultando a competição entre elas no oferecimento de melhores serviços e produtos. Com o sistema aberto, será possível que essas organizações se conectem diretamente às plataformas de suas concorrentes, acessando os dados autorizados pelos consumidores.

Ao todo, são 4 fases para a implementação total do sistema financeiro aberto, com a 4ª e última iniciada em dezembro do último ano, e as organizações participantes do ecossistema do Open Finance, autorizadas pelo BACEN, podem ser consultadas no portal da governança do programa.

 

Os benefícios do sistema financeiro aberto

Entre os maiores benefícios da implementação do Open Finance, certamente o principal é o consumidor estar inserido no centro do negócio. Isso porque com acesso aos dados dos correntistas, as instituições autorizadas terão a oportunidade de realizar ofertas de produtos e serviços para os clientes de suas concorrentes, obtendo melhores taxas e condições para os mesmos. Isso significa maior controle nas finanças por parte do consumidor.

O Open Finance também proporcionará novos modelos de negócios, inclusão de segmentos desassistidos, maior transparência em todos os processos e a facilidade na portabilidade de relacionamento entre as instituições financeiras participantes.

 

O envolvimento da Foursys no Open Finance

Tendo como parceiras de negócios diversas instituições da área financeira, a Foursys tem envolvimento direto no desenvolvimento do ecossistema do Open Finance desde o início das atividades do programa, em fevereiro de 2021, com diversas entregas de valor já realizadas junto a esses clientes.

Para o banco digital de uma grande instituição financeira brasileira, a Four conta com uma operação de mais de 50 pessoas destinada exclusivamente para o desenvolvimento das frentes do Open Finance.

Todo o processo está sendo realizado dentro de um grupo de squads seguindo ritos de frameworks ágeis (leia aqui nosso blogpost sobre o SAFe® e mais metodologias do tipo), com entregas regulatórias já realizadas das etapas de Consentimento (funcionalidades de fornecimento e recebimento), além de diversas entregas de valor das etapas de Agregador, Iniciação de Pagamento, Orientador Pessoal Financeiro, entre outros.

Outro desafio importante foi a entrega de um aplicativo white label para uma empresa líder no mercado brasileiro em soluções tecnológicas para meios de pagamento, costumer experience e fidelização de clientes. Entre outros benefícios à instituição em questão, a implementação do app atendeu também a demanda do Banco Central para o sistema financeiro aberto.

O Open Finance chegou, e com ele o incentivo para o surgimento de novos modelos de negócios para as instituições financeiras e para os consumidores, maior transparência na concorrência e facilidade no controle do capital, favorecendo inclusive a inclusão e a educação financeira de todos.

 

Leia mais

Saiba porque o Java é a linguagem de programação mais utilizada no mundo

Mainframe: o que é e qual a sua importância para o processamento de dados

LeSS: aplicando mais um framework ágil escalado em produtos digitais